De siri a 9 de Março de 2008 às 17:17
Que os entendedores que o consideram uma assumidade não me oiçam, mas realmente, este, não será o melhor exemplar. Avanço até ao dizer que é uma literatura um "pouquinho sem sal": os mesmos clichés e os mesmos lugares comuns inerentes aos manifestos deste género de época - bem, talvez, uns mais que outros.
Ou isso, ou algo se passou na tradução.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.