Segunda-feira, 18 de Agosto de 2008

Abandono, mais uma vez.

  E mais uma vez o canto deste lobo ficou abandonado.

  Bem dei em mais uma sabática, para poder organizar os meus pensamentos tão voláteis e tão facilmente comburentes.

 

  Situação resolvida? Mais que resolvida, a minha vida continua, embora não seja esse o meu desejo, mas cada dia é um novo desafio, uma nova prova de que a minha obstinação continua viva e que "no matter what" eu continuo a ser a mesma criatura cuja honra se mantém inalterada, imune ao tempo e as adversidades.

 

  Agora que reescrevo aqui neste meu blog que me tem acompanhado á alguns anos, sinto que tudo isto me faz sentir melhor e que esta sensação me faz falta. Não sou homem de diários, mas ao fim e ao cabo é o que isto é, um diário online, onde escrevo o que quero, quando quero sobre o que sinto e vivo.

 

  Falava que tinha mudado a minha vida quando decidi viver sozinho. Nada melhor podia ter feito na minha vida. Dentro destas quatro paredes que chamo minhas, sinto uma paz que sempre precisei que outrem trouxesse á minha vida. É aqui que gosto de passar o meu tempo, a arrumar o que desarrumo, a limpar o que sujo, e a tentar cozinhar o que compro.

 

  Existe neste momento na minha vida no entanto algo que não esperava. Depois de remontar as peças de um puzzle que deixei desfazer-se esperava que as tramas do amor jamais me fossem tocar, que fosse mais uma vez criar a carapaça que me era habitual. Não... Para meu espanto isso não aconteceu, Dou comigo mais uma vez e talvez com mais convicção de que algo fantástico e verdadeiramente maravilhoso pode acontecer entre duas pessoas. Aliás como poderia não acreditar quando amigos muito próximos, revelam amor em cada olhar e mesmo passados anos ainda mantém um desejo mutuo que se faz sentir. Um dia, talvez um dia isto exista para mim, e isso por incrível que pareça dá-me uma névoa de esperança.

 

 Sinto, nestes dias em que me isolo e me deixo estar só em casa para descansar e organizar os pensamentos, que há algo especial na minha pessoa, não sei dizer o que é exactamente pois sinto-me seco sem nada para oferecer, mas a verdade é que há algum potencial escondido que sinto que anseia por se revelar e que andei a forçar a se esconder estes 26 anos.

 

  A verdade é que o meu romantismo tal como a minha honra parecem ser-me inerentes e como tal jamais os retirarei de dentro de mim.

 

  Melodrama á parte, espero pelas minhas férias para poder verdadeiramente descançar a cabeça e o corpo, afim de recomeçar uma nova vida, que nada mais é que o seguimento de tudo o que já vivi.

Posted por Lobo Mau às 23:25
| Comentar | Adicionar aos favoritos

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Uivos recentes

. Lembranças

. Para aminha Canuca

. Uma questão de confiança

. The game its on.

. High Heels Effect

. Two weeks later

. Sonolência, ou não

. ...

. Nada é gratuito neste mun...

. Bonança

.Links Recomendados

.Arquivos

. Maio 2010

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Agosto 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

.Moon Fases



lunar phases
 

.Contador de Uivos

Jewish
Sony Ericsson w300i
blogs SAPO