Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008

Nos meus sonhos.

You used to captivate me
By your resonating life
Now I'm bound by the life you've left behind
Your face it haunts
My once pleasant dreams
Your voice it chased away
All the sanity in me


  Evanescence - In My Immortal

 

Como seria possível esquecer-te quando todas as noites me visitas nos meus sonhos? Todas as noites luto sem forças para tentar que os meus sonhos variem e me tragam outras alegrias, mas a verdade é que l á est á s tu, constante e perene, com o teu carinho e amor inato que outrora me devotaste. Hoje estes sonhos, mesmo que agradáveis , trazem-me uma angustia ao acordar que não sei explicar, uma sensação de perda e de desapontamento comigo mesmo, que não havia sentido antes.

 

 Nos meus sonhos sinto-me nos teus braços, e sinto a paz que trazes á minha mente e vida revoltas. Tu foste tudo o que me fez sorrir sem motivo, e o que me fez chorar  com razão.

 

 Estou preso a esta vida que me sobra sem ti, uma vida sem destino aparente a não ser a próxima alvorada, na qual mais um triste dia se apresentar á para me desafiar a razão e o corpo.

 

 Estar perto de ti é-me embriagante, muito mais do que os Bacardis que bebia em grandes quantidades quando me conheceste ! a tua voz ressoa nos meus ouvidos e cada palavras que sorvo avidamente, não é no entanto aquelas que tantas vezes me dedicaste e que agora j á não tens para me oferecer. Sinto-me como um viciado, um viciado no teu carinho e ternura, viciado no que partilhamos no nosso caminho.

 

  A verdade é que sinto-me relutante para aceitar que a parte mais bela da minha vida se desvaneceu por falta de cuidado meu, e que a vida é capaz de continuar sem ti. Mas a verdade assenta-me como aquelas verdades universais dos sábios da antiguidade. O tempo e o espaço tudo apagam, e na natureza tudo se transforma.

 

  Cada dia ser á um pequeno passo, para um destino que desconheço, e que não sei ter a certeza de querer conhecer , cada dia é uma nova luta contra a realidade actual que eu mesmo criei.

 

 Cada dia, um dia de cada vez.

Posted por Lobo Mau às 11:00
| Comentar | Adicionar aos favoritos

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Uivos recentes

. Lembranças

. Para aminha Canuca

. Uma questão de confiança

. The game its on.

. High Heels Effect

. Two weeks later

. Sonolência, ou não

. ...

. Nada é gratuito neste mun...

. Bonança

.Links Recomendados

.Arquivos

. Maio 2010

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Agosto 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

.Moon Fases



lunar phases
 

.Contador de Uivos

Jewish
Sony Ericsson w300i
blogs SAPO