Domingo, 20 de Março de 2005

Flor do deserto

Vou vivendo como uma flor no deserto
Sob o impiedoso Sol
Durante o dia com destino incerto!
Mas com o cair do véu da noite
Vem a frescura e a esperança,
Pois mesmo que o vento acoite
O brilho da lua, eterno e belo,
Desenha o verdadeiro sonho
No qual o deserto, um paraiso voltará a se-lo
E por mais que estejam as nuvens fugidias
Enquanto a mente se permitir sonhar
A saudosa chuva virá refrescar os dias
E quando sob a chuva encharcado,
Como as petalas da flor do deserto,
Terei meu sonho realizado.

Posted por Lobo Mau às 15:29
| Comentar | Adicionar aos favoritos

Nova semana

Depois de uma semana complicada e cheia de loucuras, sinto-me muito na mesma e muito diferente... A minha inspiração continua sem deixar novidades, mas a mente não para...
Uma semana em que tocaram a minha vida de um dia para o outro (vida profissional veja-se) sinto-me satisfeito com o meu desempenho profissional...
Uma semana em que a quantidade de alcool que ingeri ultrapassa os limites da minha imaginação, sinto-me algo renovado, como que purificado pelo alcool... Sinto-me ainda só mas já não é uma solidão desesperada, a chuva que hoje me caia na cabeça era agradavel novamente, e mesmo em dias de nevoeiro o sol apresenta-se-me brilhante novamente...
Uma nova força, renovada e baseada nos mesmos tijolos que a anterior, constroi-se novamente dentro de mim... Como dizem os Da Weasel "Tenho a força de mil homens para o que ha-de vir".
Afinal a vida continua e se não formos nós mesmos não seremos mais ninguém...
Adeus desepero, adeus saudade e espero que em breve adeus solidão... A minha nova vida começou, banhada em festa e regada no alcool, mas consistente na responsabilidade e na minha personalidade.

Posted por Lobo Mau às 15:02
| Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 14 de Março de 2005

Fecho os meus olhos

Imagino-te vestida em cetim e deitada em lençois de seda, dormes um sono tranquilo, relaxante, um sono onde os sonhos tem tonalidades azuis, rosa douradas e prateadas, um sono envolto no cheiro do teu perfume, esse mesmo perfume que suavemente preenche o teu quarto. Por cima da cabeçeira o relogio monotonamente bate os segundo, mas tu não o ouves, dormes profundamente. De repente no teu rosto surgue um sorriso, um sorriso de felicidade, aquele sorriso de quem alcançou algo muito desejado.
Vejo assim uma tela digna de um pintor renascentista. A suave curva das tuas sobrancelhas, os teus olhos muito suavemente cerrados, os traços do teu sorriso delineados pelos teus doçes labios, tua respiração calma, tranquila e por fim o teu cabelo desalinhado, num desalinho esbeltamente perfeito. Mas a realidade chama-me e abro os olhos fazendo esta tua imagem desapareçer, e por mais que tente relembra-la, jamais será tão bela como a primeira vez que me surgiu na mente.

Posted por Lobo Mau às 12:50
| Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 13 de Março de 2005

I'm

I am but a pebble in the river
A simpleton amongst wise men
I am the smallest of sand stones
But the little that I do am
I have offered wholly to you
I have pleaged my body and strengh
And my pleage simple and true
To make your life a waking dream
To love you so hard, you’d want to scream
And although I am now alone,
And away you have flown
These words of yours ring in my mind
“You do not exist”

Posted por Lobo Mau às 08:25
| Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 10 de Março de 2005

Estou apatico... Nem pensar me apetece... Muito menos escrever...

Estou apatico... Nem pensar me apetece... Muito menos escrever...
Posted por Lobo Mau às 03:17
| Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 7 de Março de 2005

Voa

Deitado na minha cama
Comtemplo, de olhar vazio, a lua
Meus olhos abertos sonham,
Com nuvéns, uma minha outra tua
Vejo-te a voar nas asas da felicidade
Distante de mim, deixando-me a saudade.
Que sentimento é este o amor
Que por ti sinto e me altera,
Pois agora sem ti, sem teu fervor
Apenas a responsabilidade me prende
A esta vida solitaria.
A nuvem em que viajas eu desejo
Com tanta força que meu corpo arde,
Fogo que apagas com um beijo,
Um beijo terno e sem vaidade.
A distançia que agora nos separa
Assombra o meu dia-dia
Mas nossa proximidade
Haveria quem jamais entenderia.
É tão dificil saber amar
Para tua felicidade deixei-te voar
E voaste para longe de mim.
Mas a felicidade agora te pertence,
Tu que bem a mereçes.
Mas choro o facto
Que com o passar do tempo
Nossos momento felizes esqueçes.
Tua memoria em mim sempre viverá
Embora pouco queira viver
Nesta vida sem ti, isenta de prazer.
Mas voa minha Princesa
Voa na nuvem da felicidade
Procura teu destino, sempre
Minha Princesa, meu diamante
Meu diamante em forma de gente.

Posted por Lobo Mau às 15:46
| Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 6 de Março de 2005

Como te conheçi

Não te consigo esquecer, povoas-me a mente a todo o instante, e embora a saudade esteja insuportável, delicio-me em fechar os meus olhos e deixar a minha mente divagar...
Relembro a noite em que te conheci, a forma como estava tímido como sempre o sou nestas ocasiões... Vocês apareceram e quando te vi reparei logo na tua beleza, não uma beleza no seu sentido comum, mas sim um encaixe perfeito de tudo na tua face. Quando te sentaste senti que também tu estavas desconfortável e pensei para mim o que estaria eu ali a fazer naquela situação tão constrangedora para ambos! Apresentaram-nos, mas nem dei muita importância ao teu nome, como sempre o faço.
Tentei me por á vontade puxando uma conversa, que te deixou ainda mais desconfortável e pensei quão deslocada te estarias ali a sentir. Foi ai que notei a tristeza que trazias dentro de ti, o olhar pesado que davas aos objectos inanimados que povoavam a nossa mesa, os olhos sempre baixos e melancólicos... Fui egoísta e pensei que me estava a meter num filme muito estranho e tinha que fugir dali, não queria partilhar mais complicações que as minhas que já possuía, mas algo me reteve os olhos em ti e pensei que não custaria ajudar pelo menos naquela noite, que pelo menos seria bom ver no teu rosto triste um pequeno sorriso. Mudei o assunto da conversa e começa-mos a ter uma agradável discussão, os teus olhos deixaram de estar fixos na mesa e nos objectos inanimados e passaram a cruzar-se com os meus. Creio que foi aqui que reparei na tua beleza e que pensei que estarias fora do meu alcance.
O resto da noite continuou e chegado ao momento de irmos embora, já todos de pé, reparei no teu perfil, que tão bem completava a tua face e a tua aura que havia encontrado. Jamais poderia partilhar algo de mais com alguém como tu, pensei, e a vida seguiu para um dia seguinte e tentei nessa mesma noite meter tudo para trás das costas. Ainda bem que não o fiz... Assim vivi momentos lindos que partilhei contigo...Um beijo minha Princesa...

Posted por Lobo Mau às 04:15
| Comentar | Adicionar aos favoritos

Até amanhã

Um até amanhã
Cheio de desejo
De poder aqui estar
Para deixar mais um beijo.

(Pensava nas nossas manhãs partilhadas)

Posted por Lobo Mau às 03:41
| Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 5 de Março de 2005

Nome vampirico

Pois é descobri hoje o meu nome vampirico, já sabia que a onda de gostar muito de pescosos era incomum, mas agora tirei a certeza... lol
O meu nome, para todos os vampiros ai pelo mundo fora, é:

Raphael Oleander

Conheçido como:

Dispater Of The Danube

;)

Posted por Lobo Mau às 15:27
| Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 4 de Março de 2005

Cariño

Cariño
Queda-te comigo
Cariño

Posted por Lobo Mau às 03:28
| Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 3 de Março de 2005

Acordei sem ti

Acordei sozinho para um mundo que já foi nosso. Um mundo que partilhei contigo até voares nas asas da Paixão e partires nos Braços do Amor.
Este mundo que agora olho, sem ti a meu lado, pareçe-me vazio e escuro, umpedaço do espaço sideral que assentou na terra em todo o meu redor.
Continuo ainda hoje a lutar, mas minha luta agora já não é por ti, é uma luta interna contra a tristeza e a saudade, entidades fora-da-lei que me tentam, a todo o momento, roubar o sorriso que tão bem coroa a minha face.
As coisas que vejo no dia-dia continuam a ser belas; A lua encoberta por nuvens e envolta em mistérios; O som da agua do mar a roçar na areia de uma praia noctivaga e vazia; Um nascer do sol rubro e multicolor; Mas tudo isto pareçe efemero e ridiculo agora que não te tenho para partilha-lo comigo.
Agora que estou só no mundo que outrora foi nosso, tenho que abrir as portas para outros poderem entrar, mas as trancas estão tão bem colocadas que a simples ideia de as remover se apresenta pesarosa.
Hoje irei adormecer pensativo e melancólico, revirando-me sozinho na minha cama, até a fada dos sonhos me vir abençoar com o seu pó magico. Amanhã não sei como acordarei, mas sei que a beleza irá continuar presente no mundo, e eu pelo menos não a vou saber apreciar!

Posted por Lobo Mau às 02:58
| Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 2 de Março de 2005

Nascer do Sol

Pois é podemos estar com a vida do avesso, e não conseguir-mos saber nem dar destino aos nossos dias, mas a beleza não escapa aos nossos olhos.
Entrar ás 6:00 da manhã quando a vida se nos apresenta cinzenta e na rua faz um frio de rachar, é um verdadeiro suplicio, mas ao chegar ao trabalho mesmo de mau humor, é-me impossivel não reparar numa visão previligeada que encontro todas as manhãs no meu local de trabalho. O nascer do sol.
Esta manhã, dentro de mim tão cinzenta, encontrei um nascer do sol vermelho cheio de força e inspirante de paixão, um nascer do sol que haveriamos de querer partilhar com alguém que nos é especial... mas que mesmo só, é belo.
Mesmo no meio do Caos encontramos Ordem e mesmo na Tristeza existe Alegria...
Bom dia a todos

Posted por Lobo Mau às 23:36
| Comentar | Adicionar aos favoritos

For Whom The Bell Tolls

I feel such sadness, that it has overcome me...
I feel empty and dry on the inside...
Tonight the bell tolls for me

Posted por Lobo Mau às 19:02
| Comentar | Adicionar aos favoritos

Vida?!?!?

A vida pareçe tão insignificante e sem significado, quando não temos com quem a partlhar...
A saudade é tão mais real quando tivemos o que desejamos e nos fugiu por entre os dedos...
O amor é tão mais cruel quando não é retribuido...
O dia é tão mais escuro quando apenas se deseja que seja noite...
A noite é tão mais fria quando o calor dentro de nós vai morrendo...
A morte é tão mais real quando se perdeu os motivos para manter a vida...

Posted por Lobo Mau às 14:58
| Comentar | Adicionar aos favoritos

Grandeza

Grandeza!!! O que é a grandeza? Será que é fazer algo de tão estrondoso que todo o mundo repare?
Eu creio que não, creio que a verdadeira grandeza, esta se encontra nas mais pequenas coisas! Embora possa ser grandioso o facto de por exemplo uma pessoa liderar exercitos e conquistar meio mundo, tal como Alexandre o Grande o fez, é tão mais invisivel e mais importante a grandiosidade de alguém que arrisca a sua vida por um estranho, veja-se o exemplo de um bombeiro que adentra o inferno para de lá retirar alguém que totalmente desconheçe! É tão mais grandioso ver uma criança na escola a comer uma bolacha, a qual partilha metade com o colega, por ver que este também sentia fome! É tão mais grandioso ver uma multidão de desconheçidos com um sorriso nos labios a empurrar um carro empanado e que não quer pegar!
São estas pequenas atitudes grandiosas que tornam o nosso mundo melhor, que nos fazem sentir bem connosco mesmos, e acima de tudo apesar de serem negligençiadas, invisiveis e esqueçidas, mantém o nosso pequeno mundo pessoal a girar.
Numa epoca sem grandiosidades visiveis e invisiveis, numa epoca em que o altruismo esmoreçe, aqui fica o meu apelo:
Ajudem, sem nada esperar em troca, ajudem pelo prazer de o fazer, e sintam a grandiosidade dentro de vós nas mais pequenas coisas do dia-dia... Irão sentir-se florescer por dentro, e o meio que vos circunda iura indubitavelmente ficar também mais belo!
Lembrem-se, a grandeza está dentro de todos nós...

Posted por Lobo Mau às 06:45
| Comentar | Adicionar aos favoritos

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Uivos recentes

. Lembranças

. Para aminha Canuca

. Uma questão de confiança

. The game its on.

. High Heels Effect

. Two weeks later

. Sonolência, ou não

. ...

. Nada é gratuito neste mun...

. Bonança

.Links Recomendados

.Arquivos

. Maio 2010

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Agosto 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

.Moon Fases



lunar phases
 

.Contador de Uivos

Jewish
Sony Ericsson w300i
blogs SAPO